Prêmios

Saaec recebe diploma de Mérito Educacional 'Prof. Darcy Ribeiro'

Como pleito de gratidão da sociedade campineira pelos relevantes serviços prestados no campo da educação, o SAAEC recebeu no último dia 27 de agosto o Diploma de Mérito Educacional "Prof. Darcy Ribeiro", concedido pela Câmara Municipal de Campinas através do projeto de Decreto Legislativo, de autoria do vereador Dário Saadi.
O presidente do Sindicato, Devanir Aparecido Rodrigues, ao receber o Diploma, agradeceu “a todos os que conosco lutaram para que este Sindicato pudesse reafirmar permanentemente sua missão e aos que fizeram do trabalho da educação uma coisa viva e digna de nosso orgulho, e cujo trabalho permitiu que estivéssemos aqui esta noite, todos nós!”   Saiba mais...

 

Prêmio Darcy Ribeiro

A Câmara Municipal de Campinas, em reunião do dia 05 de abril deste ano, aprovou Projeto de Decreto Legislativo nº 98/10, Processo nº 204.347, de autoria do vereador Dário Saadi, que concede DIPLOMA DE MÉRITO EDUCACIONAL ‘PROF. DARCY RIBEIRO’ ao Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de Campinas – SAAEC, como pleito de gratidão da sociedade campineira pelos relevantes serviços prestados no campo da educação.

O SAAEC irá estender essa honraria, através de diploma expedido pelo Legislativo, para o maior número de pessoas, ligados a nossa categoria, que ajudaram a fortalecer a entidade e construíram sua história de vida a favor da educação.

Considerando que o reconhecimento do Legislativo é de suma importância para a nossa categoria, essa homenagem será realizada em solenidade festiva como parte das comemorações do 42º aniversário do SAAEC, em dia e horário a serem divulgados.

Título de Cidadão Campineiro

Como reconhecimento pelos relevantes serviços profissionais prestados à cidade de Campinas, na área educacional e trabalhista, e as sucessivas conquistas políticas e sociais, especialmente aos trabalhadores educadores técnicos administrativos das instituições da rede de ensino particular de Campinas e Região, Devanir Aparecido Rodrigues recebeu da Câmara Municipal de Campinas o título de CIDADÃO CAMPINEIRO, em cerimônia solene no dia 25 de setembro/09, às 20h. .

A láurea foi entregue no plenário da Câmara, e contou com a presença de inúmeras autoridades, amigos, sindicalistas, colaboradores, além de parentes e cidadãos da sua cidade natal Alterosa/MG, para prestigiar importante honraria àquele que tem se destacado como um dos líderes do movimento sindical, há mais de duas décadas.

Radicado em Campinas desde a década de 70 com a família de 6 irmãos, ligou-se à área educacional quando trabalhou na PUC-Campinas, graduando-se em Direito, e na área trabalhista, quando foi nomeado juiz classista da 8º J.C.J. do Tribunal Regional do Trabalho – TRT da 15ª Região.

O projeto de Decreto Legislativo 301/2008, publicado sob nº 2856 em 24/09/08, foi de autoria de Dário Jorge Giolo Saadi, atuante vereador da cidade de Campinas.

Após as congratulações ao homenageado pelo vereador Dário, presidente da mesa, Devanir procedeu o seu discurso.

Após a cerimônia foi oferecido um coquetel aos presentes.

 

O que vem a ser o título de Cidadão Campineiro?

O Regimento Interno da Câmara Municipal de Campinas, no Capítulo II, Artigos 205 a 215, estabelece que o título de Cidadão Campineiro é concedido, por via de decreto-legislativo, à pessoa que, radicada ou não no Município, e seja natural de outra cidade, tenha reconhecidamente prestado relevantes serviços à Campinas.
O projeto de decreto-legislativo concedendo o título deve contar com o apoiamento de dois terços dos vereadores, sendo que o pergaminho de título deve conter a assinatura do presidente da Câmara e menção do autor ou autores do projeto.
A entrega do título de Cidadão Campineiro é feita em reunião solene, especialmente convocada pelo presidente da Câmara para esse fim.

Íntegra do discurso de agradecimento 
proferido por Devanir Aparecido Rodrigues por ocasião do recebimento do Título de Cidadão Campineiro outorgado pela Câmara Municipal de Campinas

  • Exmo. Sr. Dr. Dário Saadi, digníssimo Vereador de Campinas e presidente desta sessão solene
  • Exmo. Sr. José Luiz Guazeli, digníssimo Cônsul da França em Campinas
  • Exmo. Sr. Dr. Oswaldo Augusto de Barros, digníssimo presidente da Federação Paulista dos Auxiliares de Administração Escolar
  • Exmo. Sr. José Cláudio Chaves, digníssimo presidente do SAAE-Guarulhos/Mogi das Cruzes e Região
  • Exmo. Sr. Canindé Pegado, digníssimo secretário geral da União Geral dos Trabalhadores
  • Exmª Srª. Leidi Mengatti, digníssima vice-presidente do Sinsaúde e diretora executiva do ISI
  • Digníssimas autoridades, são muitas, sintam-se todos saudados, sem distinção de ordem e prioridade.
  • Prezados amigos, familiares, senhoras e senhores.

BOA NOITE A TODOS!

Outras palavras não cabem que não sejam as de mais profundo agradecimento por esta honraria que nos é outorgada pela Câmara Municipal de Campinas, por indicação do vereador Dário Saadi, mentor desta cerimônia, para o qual dirijo os meus especiais agradecimentos.

Esta homenagem que hoje recebemos reveste-se de uma importância ímpar por quatro razões: primeiramente, porque ela é prestada pela austera e respeitável casa do povo campineiro, permanentemente voltada em legislar para interesses sociais, entre outros, além de ser berço de figuras que ajudaram a construir a História do Brasil, e que se fortalece dia-a-dia, com objetivos tão nobres e de tão admirável tradição, firmando essa instituição como uma das mais respeitadas do Estado. A segunda razão, que nos envaidece e valoriza sobremaneira a homenagem recebida, reside no fato de que nossa indicação aconteceu durante as comemorações dos 40 anos do SAAEC, e, agora, perante um público qualificado, cujo trabalho se pauta na democracia, justiça e cidadania, justamente a tríade inseparável que representa os valores fundamentais do sindicalismo. A terceira razão refere-se a nossa alegria imensa de estar entre amigos, de cujo convívio temos muito orgulho, inclusive destacando a militância conjunta com muitos dos senhores nas lides da educação e do ensino e no sindicalismo há vários anos. E a quarta razão, é por entender que a homenagem prestada a este presidente do SAAEC pela Câmara Municipal de Campinas, por extensão, homenageia também todos os Educadores Técnicos Administrativos ligados à educação de Campinas e Região, responsáveis pela formação educacional das nossas crianças, jovens e adultos, futuros cidadãos-profissionais. Temos a certeza absoluta de que ao final deste evento, o trabalho sindical sairá fortalecido.

Nossa relação com Campinas teve início na década de 70, quando saímos da cidade de Alterosa, em Minas Gerais, com uma família grande de 6 irmãos, em busca de trabalho, educação e melhor condição de vida. A partir daí, ao ingressar na PUC-Campinas como funcionário e, posteriormente, como estudante do Curso de Direito, que nos facilitou o desempenho da função ao ser nomeado juiz classista da 8ª J.C.J. do TRT da 15ª região, com certeza foram dois passos importantes para o nosso envolvimento com as causas sociais, em que o nosso grande desafio para manter a fidelidade à missão que nos foi concedida, está na busca da ética e da justiça. O desenvolvimento da pessoa que lida com a educação é uma prioridade e um imperativo para nós. A educação vive hoje um questionamento profundo e busca uma nova identidade que a capacite a responder efetivamente às expectativas e necessidades da sociedade.

As instituições onde trabalhamos são ícones de excelência acadêmica e trabalhista, onde aprendemos valores como competência e profissionalismo, e também o compromisso com o bem comum. Instituições essas onde se deu encontro entre o conhecimento e a ação. Por isso nosso trabalho na área sindical tem muito a ver com esse relacionamento virtuoso, que às vezes se estabelece entre a sociedade e as instituições.

Sindicalismo é o movimento social de associação de trabalhadores assalariados para a proteção dos seus interesses. Ao mesmo tempo, é também uma doutrina política segundo a qual os trabalhadores agrupados em sindicatos devem ter um papel ativo na condução da sociedade. Construímos um novo sindicalismo porque ele próprio passa por um momento de renovação por conta das novas demandas, como a empregabilidade, a globalização dos serviços e cada vez mais uma nova relação social com os trabalhadores e uma nova ordem econômica que vão se traduzir na luta por condições dignas de trabalho.

O que fizemos foi dar início a um novo processo de desenvolvimento com justiça social, algo que cabe muito bem em discursos, mas que, no momento em que assumimos a direção da entidade, estava precisando se transformar em ação.

Mas nem tudo foram flores. Enfrentamos toda sorte de adversidades.  Fomos perseguidos por gente com o intuito de atrapalhar, constranger, diminuir reputações e dividendos políticos. Isso já era uma prévia do fenômeno para aparelhar o nosso sindicato de pessoas que queriam utilizar a entidade para proveito próprio e de alguns maus patrões. Uma doença autoritária que acomete em algumas democracias, que precisam enfrentar este desafio, como nós efetivamente enfrentamos.

As modernas organizações descobrem na qualidade do capital humano um fator decisivo para o seu sucesso.  Quanto mais positivo for o ambiente de trabalho, maior será a realização individual e os resultados organizacionais. Estamos incessantemente sugerindo a cultura de gestão de pessoas com uma visão estratégica para as instituições de ensino. Enfim, o nível de motivação para o trabalho é que regerá o produto final da comunicação entre o educador e aluno. O aluno aprende o que o educador é.

Os alunos estão à procura de orientação moral tanto quanto psicológica, cognitiva ou intelectual. Expectativa que só será atendida se cada profissional dentro das instituições de ensino evidenciar, através de suas ações e postura, a dignidade do seu papel.

A nossa militância na concepção, gestão e defesa do trabalhador vem de há muitos anos. Por isso, o desafio é grande, mas o sonho também. Se o que desejamos é gerar resultados através das pessoas, os primeiros passos devem determinar o resultado de desempenho que se deseja de cada colaborador, como também, conhecer melhor as pessoas, suas necessidades, expectativas, desejos, o que fazer para atrair e mantê-las no nosso quadro.

Daí a nossa satisfação em receber a tão significativa e carinhosa homenagem prestada, certamente para a categoria dos Trabalhadores Técnico-Administrativos. Nosso discurso não seria completo se deixássemos de consignar nossos agradecimentos a eles, porque todos foram essenciais pelo esforço que nós empreendemos ou começamos.  Por isso, também, nosso muito obrigado àqueles que já passaram pela direção do SAAEC, que deixaram um legado de trabalho sério, competente, que deram a sua contribuição ao compromisso de lutar em favor da categoria que representaram, onde tivemos condições de olhar para trás e observar nossa história e de poder contar aos mais novos. Obrigado a todos que tiveram a sua oportunidade em cuja atuação nos espelhamos e estamos dando continuidade com dinâmica própria.

Já dizia Dostoievski que “o segredo da existência humana não está apenas em viver senão também em saber por que se vive”.

E é essa a nossa definição, porque desde cedo demonstramos que tínhamos uma missão a cumprir: a missão social e humana. E é exatamente o que fizemos e continuamos fazendo ao longo de nossa vida – lutar em favor dos direitos, das garantias e dos interesses individuais e coletivos.

Nosso dever foi lutar pelo Direito; mas no dia em que percebi o conflito do Direito com a Justiça, lutei pela Justiça.

Esperamos que nosso espírito empreendedor, voltado às causas que ultrapassam os interesses particulares, continue a frutificar e renovar nossa disposição e de toda nossa equipe em continuar ajudando no que for necessário para ver o sindicalismo e as condições melhores dos trabalhadores, crescendo junto, para que possamos fazer desta cidade de Campinas um lugar cada vez melhor para se viver.

Nós já havíamos adotado esta cidade fantástica por opção e de coração, e começamos a sonhar com o dia em que ela nos adotaria. Pois este sonho se concretizou nas mãos do vereador Dário Saadi.

Para encerrar, resta-nos a reflexão com a lembrança de Eclesiastes 3:22 (Bíblia Sagrada): “Não há nada melhor para um homem do que regozijar-se com seu trabalho”.

Muito obrigado e que Deus abençoe a todos.

Título de Cidadão Campineiro

Destaque Profissional de Excelência em Líder Sindical

SINDICATO RECEBE TÍTULO

O SAAEC recebeu a outorga do título “Destaque Profissional de Excelência em Líder Sindical”pelo Supremo Conselho Internacional de Honrarias e Méritos da Ordem Imperatriz Tereza Cristina, em comemoração aos 450 anos de São Paulo.

O importante título foi outorgado ao SAAEC – o único da área sindical a ser agraciado com o prêmio – em cerimonial solene na cidade de São Paulo, no Salão Nobre do Círculo Italiano, às 20h no dia 25 de junho de 2004.

O Presidente do SAAEC, Devanir Aparecido Rodrigues, recebeu o prêmio em nome da entidade.“O prêmio representa a importância e o reconhecimento da sociedade pelas ações praticadas pelo SAAEC em favor da classe trabalhadora, em especial dos Auxiliares de Administração Escolar de Campinas e Região”, declarou o Presidente.

O prêmio foi um troféu e uma linda placa prateada, que se encontra fixada em área da Sede Social do Sindicato à disposição de sua visita.

A homenagem foi publicada no Diário Oficial Empresarial do Estado de São Paulo no dia 17 de julho de 2004.

Supremo Conselho Internacional de Honrarias e Méritos da Ordem Imperatriz Teresa Cristina

O Supremo Conselho Internacional de Honrarias e Méritos da Ordem Imperatriz Teresa Cristina é uma sociedade civil, de âmbito internacional e de caráter cultural, científico, informativo e social.

Tem o objetivo, entre outros, “o de contribuir para o bem-estar social e moral da civilização e pelo progresso; de reconhecer os que trabalham pela cultura, pelo bem-estar, pela paz e pela igualdade social e de contribuir com ações que promovam a ética, a paz, a cidadania, os direitos humanos, e democracia e outros valores universais”.

Destaque Profissional de Excelência em Líder Sindical