Últimas Notícias

18/10/2017

Multas de trânsito poderão ser parceladas no cartão de crédito


A partir de agora os contribuintes poderão quitar débitos referentes aos seus veículos usando o cartão de crédito. A resolução 697 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada dia 18 no Diário Oficial da União altera e amplia a forma de pagamento e permite que o mesmo seja feito em parcelas usando o cartão. Foi validada ainda a possibilidade de quitar os valores por meio de cartão de débito.

A medida foi tomada para aperfeiçoar os métodos de arrecadação de multas e outros débitos. O parcelamento visa diminuir a inadimplência dos devedores, o que facilitará a liberação da documentação do veículo.

Por mais que o montante seja quitado de forma parcelada, o órgão receberá o pagamento integralmente da operadora de crédito e fará a regularização dos débitos.

Foi explicado na resolução que, caso o parcelamento gere cobranças de juros, o acréscimo é de responsabilidade do titular do cartão. Valores como estes, serão informados aos contribuintes antes da efetivação da operação de crédito. Já as operadoras arcarão com possíveis atrasos.

A implantação, opcional, cabe a cada órgão de trânsito, do estado ou município (Detrans, prefeituras, Polícias Rodoviária, DER e DNIT).